Carménère

Como uma fênix, a uva Carménère renasceu no Chile consolidando-se como o principal terroir para o seu cultivo.

Contudo, em 2012, em Guaporé – RS, surge um ícone chamado Paradigma Rotto Carménère. Esta iniciativa ousada resultou em um vinho de extrema tipicidade, complexidade e elegância. Um belíssimo exemplar desta cultivar em terras brasileiras.

Envelhecido 18 meses em barricas de carvalho, possui notas tostadas da madeira, caramelo e frutas secas com notas de pimenta preta.
No paladar mostra-se macio, maduro, caramelizado e dono de uma nitidez e equilíbrio impecáveis.
Harmonizar com carnes de caça e molhos fortes, assados e queijos maduros.